Não precisa complicar

Tendemos sempre na hora de resolver algum problema, ou relacionado a programação , design, arquitetura da informação (isso pode ser estender a outro campos), buscar as soluções mais complicadas, porque muitas vezes nos é passado que será sempre uma melhor solução. Às vezes o que precisamos são de soluções simples, em que pequenas atitudes poderão nos ajudar.

Antes de tentar uma solução é preciso saber o problema. E para saber o problema é necessário saber o que tem que fazer. Parece algo muito claro falar isso, mas muitas vezes nossos pensamentos estão tão dispersos, quem nem sabemos que vamos fazer.

Faça um roteiro: o que tenho que fazer; o que está ocorrendo aparentemente; ver possíveis interferências, e assim você começa a encontrar soluções que estão muitas vezes na nossa cara.

E o mais importante, tente fazer, não fique na teoria. Algo que pode te atrasar é pensar assim: “Será se eu fizer isso dará certo?” Só tem uma maneira de ter certeza: é tentando. Isso fará a diferença para encontrar a solução, e para seu aprendizado.

O seu medo de errar não pode ser maior que sua vontade de aprender. E os dois andarão sempre lado a lado.

Abaixo deixarei um video de um trecho de uma palestra do Prof Mario Sergio Cortella que pode nos ajudar a entender que nem sempre o complicado é a solução viável. Se isso é certo ou errado, já é outra história.




Se o conteúdo foi relevante para você, e desejar, você pode incentivar fazendo uma doação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *